Como comprar passagens aéreas mais baratas – 12 dicas

th

Possivelmente a passagem área será seu maior investimento em uma viagem, por isso vale a pena pesquisar bastante os preços antes de comprar, pois diminuir seus custos significa mais dinheiro para aproveitar o seu destino, ou juntar em seu cofrinho, para as próximas viagens!

12 dicas de como comprar passagens aéreas mais barata para sua próxima viagem.

1.       Promoções de Passagens Aéreas

Para ficar melhor antenado acerca das promoções, recomendo ter aplicativos de passagem aérea instalados em seu Smartphone, como o Melhores Destinos, que te avisa sempre que surge uma nova postagem do blog. Foi assim que compramos passagem para o Havaí por R$ 1500,00, ida e volta (com taxas inclusas).

2.       Não hesite

Sim!! Se apareceu sua passagem perfeita, compre logo, pois a companhia aérea disponibiliza um certo número (normalmente pequeno) de poltronas pela tarifa promocional, e quanto melhor o preço, maiores as chances de acabarem as vagas em poucas horas. Porém, antes da compra pesquise se a data lhe convém, ou se é uma boa época para conhecer o seu destino (ex. evitar a estação de chuvas ou furações). Considere também a opção de chegar por um aeroporto, e voltar por outro (isso ajuda muito em caso de uma viagem para mais destinos).

3.       Opções variadas de Destino

Estar aberto a várias opções de destinos para sua próxima aventura, lhe garante maior chance de encontrar uma ótima pechincha para um lugar incrível. Pois todos os dias aparecem promoções, e quanto maior for sua lista de países a conhecer, mais fácil uma dessas ofertas se encaixar nos seus planos. Assim conhecemos a Namíbia por cerca de R$ 800,00 ida e volta com taxas.

4.       Flexibilidade de Tempo

Tenha uma janela de tempo flexível e disponível. É mais difícil encontrar uma promoção para uma data fixa, mas com uns 3 dias antecipados, ou postergados, aumentam suas chances de conseguir um valor menor por sua passagem. Os preços geralmente aumentam para aqueles que querem aproveitar o final de semana, sendo mais em conta os bilhetes comprados pra voltar numa terça, quinta-feira ou sábados.

5.       Compare as Tarifas

Mesmo que a passagem esteja em tarifa promocional, compare os valores pelos sites de busca, pois se uma empresa faz promoção as concorrentes tendem a entrar na competição. Sempre usamos mais de um site para comparar os valores, pois cada um tem diferentes características para lhe auxiliar a encontrar o menor preço.

Google Flights: Gosto de usar porque confio nos aplicativos da Google, além de possuir várias opções de filtro, que podem ser melhor entendidas no  link.

Também não deixe de pesquisar nos sites como Kayak, Momondo, Skyscanner e o Priceline.

O Priceline, por exemplo, lhe oferece a possibilidade de ofertar quanto você gostaria de pagar pela tarifa da passagem área, e o site tem 24 horas aceitar ou não. Nesta opção, você só poderá escolher data do voo e os destinos de chegada e saída, já o restante – conexões, a companhia área e os horários – serão determinados pela empresa que aceitar sua proposta. Uma vez aceito, você não terá chances de desistir do negócio sem penalidades, pois os dados do seu cartão são inseridos no momento da oferta.

Por último, mas não mesmo importante, esteja atento se os resultados finais dos preços dos sites de buscas de passagens estão incluindo as taxas de administração e embarque, ou não.

6.       Compre sempre pelo site da Cia Aérea

Indicamos aos nossos amigos comprar as passagens diretamente pelo site da companhia aérea, pois a maioria dos sites de busca tendem a cobrar uma taxa de administração extra – a mesma não é aplicada comprando direto no site da empresa. Sem contar na maior facilidade com relação a serviços de remarcação ou cancelamentos dos bilhetes.

De preferência para comprar no site em português da empresa (ou hospedado no Brasil), para que não corra o risco de se pagar IOF, apesar de que já vimos situações em que o site estrangeiro, da Avianca Colômbia, p. ex., tinha o mesmo trecho mais barato do que no site em português. Lembre-se, sempre vale a pesquisa!

7.       Adquira os programas de milhagem   

Antes de voar lembre-se de se cadastrar nos programas de milhagem da cia aérea, mesmo que seja um voo por uma empresa internacional, já que a maioria delas tem parcerias com as empresas áreas brasileiras, você deverá solicitar ao seu programa de milhagem a transferência dos pontos. Cada programa tem uma política de reembolso diferente. Fique atento!

Outra forma de conseguir milhas é através do cartão de crédito, que lhe bonifica com acúmulo de pontos em seus próprios programas de fidelidade dos bancos, e que são transferíveis para a maioria dos programas de milhagem das cias aéreas. O fato importante é cada banco, de acordo com diferentes tipo de conta e cartão pontuam de forma diferente. Veja qual tipo de cartão se adequa melhor para sua realidade.

Promoções de Transferência de milhas do cartão para o programas das cias áreas, acontecem eventualmente, e podem aumentar cerca de 40%  até 100% suas milhas transferidas. Isso é verdadeiramente um Bônus, priorize por transferir suas milhas nestas promoções!

8.       Passagem por milhas

Fique atento as promoções por milhas, e mesmo se você não tiver o montante total em milhas para comprar toda a passagem, existe o site MaxMilhas, o qual faz o intercâmbio entre o vendedor e o comprador das milhas. Foi graças a esse site que conseguimos comprar nossas passagens para a África do Sul por um valor inferior ao das promoções das cias áreas.

9.       Monitore os preços

Assim que surgir seu interesse pela próxima viagem, você deve começar a acompanhar os preços das passagens aéreas, tal como pesquisar qual foi o último valor da tarifa promocional para o destino. Use o site do Skyscanner ou o Google Flights para lhe notificar por email quando o valor da passagem para o destino desejado atingir um preço que você gostaria de pagar. Quanto antes começar a planejar, melhor.

Eu diria que de 4 a 6 meses é um bom tempo para deixar sua viagem redondinha, ou seja, bem planejada, com boas opções para as reservas de hospedagem e com preços acessíveis para suas passagens de trechos internos, se for necessário.

Pesquisas feitas por especialistas na área apontam que a passagem tende a ser mais barata cerca de 60 dias para voos internacionais e 30 para nacionais, isso sem considerar a alta temporada e feriados.

10.   Limpe os Cookies do seu navegador ou use janela anônimas

Os sites das empresas áreas conseguem “monitorar” seu interesse pela passagem de acordo com as visitas ao site que você faz através dos cookies dos navegadores Web, e uma forma de evitar isso é limpando-os, ou navegando por uma janela anônima do browser.

11.   Multi-trechos

Se for fazer mais de um destino na mesma viagem, considere orçar uma passagem multi trechos pelo site da cia aérea. Sempre comparando com as empresas low cost, (de baixo custo) da região do seu destino, como exemplo a Ryanair na Europa e a AirAsia no Sudeste Asiático. Se seu voo tiver conexão, algumas empresas autorizam a fazer uma parada na cidade desta conexão sem custo adicional por alguns dias. Foi assim que eu conheci Dubai em uma ida ao Sudeste Asiático, já que meu voo foi pela Emirates Airlines, e eu comprei a passagem usando a opção de multi-trechos pelo próprio site da companhia área.

12.   Passagem para estudante

É possível conseguir desconto na passagem aérea se você for estudante, ou até se possuir menos de 26 anos de idade, além dos sites das empresas STB e CI , que são agencias voltadas para esse público. Encontramos nos blogs Melhores Destinos 360 Meridianos  outras dicas de como adquirir passagens com descontos para estudantes ..

Estamos sempre ligados nas postagens sobre promoções de passagens, por isso temos uma ideia do valor mínimo médio que a tarifa pode chegar, e quando aparece uma oferta para um dos destinos da nossa lista (que é bem grande), na janela de tempo que temos para viajar, não hesitamos em comprar. Algumas passagens eu comprei tão compulsivamente, que nem me atentei em buscar os trechos de ida e volta por destinos diferentes, que poderiam ter feito a gente economizar um pouco mais, e facilitado a logística do nosso roteiro.

O meu conselho é estar aberto a um roteiro diferente e aproveitar as promoções que aparecem todos os dia.

Gostou do nosso texto? Compartilhe com seus amigos para motiva-los a lhe acompanhar na sua próxima Aventura!

Veja mais dicas para economizar na sua viagem.

2 thoughts on “Como comprar passagens aéreas mais baratas – 12 dicas

Deixe uma resposta