Veja como nossa experiência em Sesriem e Sossusvlei – Namíbia, pode lhe ajudar a planejar melhor sua viagem!

DeadVlei

Planejamos chegar em Sesriem no meio da tarde, antes do pôr do sol. E assim o fizemos. Chegamos por volta das 16:00 da tarde, e nos dirigimos à secretaria do parque para ver a respeito de acomodação e informações sobre o Local.

Nossa escolha de hospedagem foi ficar no Camping dentro dos portões do Parque Nacional, para se ter acesso ao amanhecer antes das aberturas dos portões, conforme explicado no post. Não efetuamos reservas prévias, e felizmente havia disponibilidade no camping para nós. A princípio tínhamos em mente ficar 2 dias, mas ao conversar com a recepcionista, ela nos perguntou umas 3 (três) vezes se realmente desejaríamos pagar por duas noites, como se aquele lugar fosse o fim do mundo!! Mudamos de ideia, e pagamos apenas uma noite de camping, deixando para decidir sobre a próxima noite no dia seguinte.

Também pedimos informações sobre o que fazer por ali, porque não tínhamos planejado, e nem encontrado muitas informações sobre a região na internet, e mesmo o no guia do Lonely Planet sobre a Namíbia não deixava claro o que fazer ne região. A senhora da recepção nos sugeriu que visitássemos o Sesriem Canyon, e depois nos dirigíssemos para Elim Dune para assistir ao pôr do Sol. Para o dia seguinte, o plano era assistir ao nascer do Sol na Duna 45, e em seguida seguir caminho pela estrada para subir a Big Daddy, e depois para o Deadvlei.

sesriem sossusvlei

Passeamos cerca de 40 minutos pelo Sesriem Canyon – caminhamos até o final dele – e a paisagem ao longo do percurso não muda muito, portanto se estiver com pouco tempo (ou vontade) vale apenas uma visitinha rápida. Este lugar não nos atraiu muito, porque buscávamos as paisagens com dunas avermelhadas clássicas do parque.

sesriem sossusvlei

Em seguida nos direcionamos para a Duna Elim, que fica apenas a alguns minutos após passar adentro pelos portões do parque. Chegamos a tempo de subi-la para o pôr do sol, buscando entre os morros de areia vermelha, o melhor lugar para se ver o espetáculo. No caminho tivemos a sorte de encontrar um Oryx.

O final do dia ocorreu por volta das 19:00 horas. Voltamos para o camping um pouco após o entardecer usufruindo do limite adicional de uma hora após o pôr do sol para fechamento dos portões, fornecidos aos hospedes das acomodações do NWR. Tempo de montar as barracas, e quase perdemos o jantar no restaurante do local que fica aberto apenas até as 20:30.

O ponto negativo do camping de Sesriem é a baixa oferta de banheiros, desta forma considere eles estarem bem longe da sua barraca. Em contrapartida o espaço para camping é bom, havia lixeiras, fonte de energia, com uma luz e tomadas, torneira e espaço para churrasco.

No nosso local de camping, ficamos logo abaixo de uma árvore enorme, com a (des)vantagem de ter um ninho enorme de passarinhos que cantarolavam no início do dia, e toda a vez que ligávamos as luzes para nos organizar para a noite de sono.

sesriem sossusvlei

Acordamos antes do sol nascer (algo como 40 minutos antes), e partimos em direção a Duna 45 – que ficava 45km do nosso camping, e chegamos no estacionamento da Duna a uns 15 minutos antes do nascer do sol. Porém vimos o nascer do sol ‘’quase’’ no topo da duna, em uma subida ofegante, pela falta de tempo. Mesmo assim foi um visual bastante bacana, mas fica a dica: se quiser ver o nascer do sol no topo desta (e das outras) Dunas, é necessário sair com uma antecedência de 1 hora até o nascer do sol.

Duna 45 – Namíbia

Em vezes de seguirmos em direção a Sossusvlei, a cerca de 20 km a frente, que seria o trajeto lógico a se fazer, retornamos para o acampamento para poder tomar café do amanhã e pegar água, pois no dia anterior não havíamos conseguido comprar comida e bebida suficiente para nos suprir no dia seguinte. Aqui vai outra dica importante: o mercadinho do parque fecha as 19:00 horas, horário próximo ao do pôr do sol, e, portanto, se você deseja curtir esse momento em alguma Duna, é melhor comprar os suprimentos antes de sair para os passeios.

Tomamos um longo café, ajeitamos as pendências do acampamento e partimos novamente do camping em direção ao parque. O problema é que eram passadas 10h00 da manhã já- o que nos fez chegar ao estacionamento para carros 2×4, perto das 11:00. Então pegamos o shuttle para o trecho que apenas poderia ser circulado por 4×4, e o motorista nos orientou que se quisemos subir a Duna Big Daddy, o melhor caminho seria pela face Norte da Duna, um pouco antes de se chegar na parada que leva ao caminho para Deadvlei.

Sossusvlei Namíbia

Pois bem, estávamos nós aos pés (norte) de uma das dunas mais altas do Mundo (!?), no deserto, sob céu escaldante, pouco antes do meio dia! E pasmem, estávamos muitissimamente bem preparados: para quatro pessoas não tínhamos mais que 1,5 L de água (total), um dos tripulantes tinha esquecido o boné, outro o óculos de sol, e outro o protetor solar (omg) (!!). Era só uma caminhadinha básica, por isso nada de comida!! Só nós, as câmeras fotográficas e um pouco de água, perdidos no deserto no ápice do calor do dia.

Subimos a Big Daddy até o topo, foi um pouco dificultoso, mas possível – acho que levou não mais que 40 minutos o tempo de subida. Contemplamos a paisagem por algum tempo, e descemos na face da duna que dava para o Deadvlei, o que levou uns 5 minutos descendo (sim)! Os meninos desceram correndo, eu mais medrosa, fui mais devagar, porque a altura desta duna realmente me assustou. Passamos pelo Deadvlei, e a paisagem é simplesmente surreal, um misto de alucinação com realidade. Fascinante!

Obs. A grande vantagem de estar sob as Dunas em um horário não convencional foi de nos encontrarmos a sós no topo, ou seja, apenas nosso grupo e a paisagem. Subir pela Big Daddy e descer pelo lado do Deadvlei, foi uma ótima dica dada pelo motorista do transfer, e se tornou um dos pontos alto desta viagem!

Após passar pelo Deadvlei, saímos no estacionamento local que havíamos combinado com o transporte as 14:00. Na volta, o motorista passou pela região denominada Sossusvlei, a qual vimos de passagem.

De volta ao camping, exaustos, mas vivos, passamos no posto de combustível e loja de conveniente do Sossus Oassis Service, para nos abastecermos de comida e combustível e seguirmos viagem rumo ao próximo destinos.

Duna 45

 

Veja também nossos outros Artigos sobre Sesriem:

Sossusvlei e Sesriem, conheça o principal destino turístico na Namíbia

9 – Dicas Práticas de viagem para Sesriem/Sossusvlei:

E outros artigos sobre a Namíbia!

Transporte – Namíbia

Viajar de carro pela Namíbia

Namíbia – Tudo o que você precisa saber para planejar sua viagem!

Swakopmund – Namíbia

Safári: Etosha – Namíbia

Além de Swakopmund – Namíbia

Damaraland: O segredo escondido da Namíbia

 

Deixe uma resposta