Viajar de carro pela Namíbia

Viajando com um carro Sedan pela Namíbia:

Namíbia – Tudo o que você precisa saber para planejar sua viagem!

No pouco tempo que tivemos para planejar a viagem pela Namíbia, lemos na maior parte dos blogs a prudência de se viajar com um carro 4×4. Porém esta opção fugia totalmente do nosso orçamento, e resolvemos arriscar, confiando nos poucos relatos que declaravam ter feito a viagem com o carro normal.

Durante o voo até nossa chegada ao destino Windhoek, minha ansiedade era enorme para conversar com as pessoas e saber como elas tinham planejando suas viagens. E SIM! A maioria tinha alugado um 4×4…e mais: como se planejaram de antemão, conseguiram tarifas excelentes, cerca de 2,5 mil reais para 12 dias, sendo que o que tínhamos orçado estava na faixa dos R$5000,00 para 12 dias, (com equipamento de camping). Aí dá pra se ter ideia da economia de se alugar/reservar o veículo com antecedência…

Ficamos mais tranquilos quando conversamos com um casal mais experiente que estava em nosso voo, e nos disseram que estaria “ok” viajar com carro simples pela Namíbia. Além disso, encontramos dois mineiros que estavam mais perdidos que nós no planejamento da viagem, nos passando a sensação de que não estávamos sozinhos na empreitada. Rsrs. Inclusive eles acabaram se juntando a nós, revelando-se ótimas cias de viagem e de amizade!

Veja como é viajar de carro pela Namíbia:

Documentos:

Nos Entendemos que: com carteira de motorista nacional (CNH) pode-se alugar e dirigir na Namíbia, pois o país tem o Princípio de Reciprocidade com o Brasil. Porém é altamente recomendado possuir a Carteira Internacional (PID) para auxiliar em questões burocráticas, pois está em formato inglês (entre outras línguas), evitando um possível estresse com os questionamentos de oficiais desinformados.

Na Namíbia nos foi pedido preferencialmente a CNH para o aluguel do carro, mas quando fomos parados pela polícia entregamos prontamente a PID . Pois já tivemos situação em outro país a qual, o guarda questionou a nossa carteira de motorista (CNH) como documento valido e deu um estresse extra explicar que poderíamos dirigir com a nossa carteira nacional no país em questão.

Os sites nacionais G1 e garagem360 explicam melhor sobre os país em que é permitido dirigir com a CNH.

Já o site The Roads Authority (organização não governamental), possui informação divergente das encontradas no Brasil, neste site diz que precisa ter um documento em inglês ou traduzido por uma autoridade competente para dirigir pela Namíbia.

Na duvida garanta sua PID!

Mão Inglesa:

Para os motoristas mais descolados a adaptação ocorre sem grandes dificuldades. Para quem está mais receoso sobre esta adaptação, o recomendado é alugar um carro automático, sendo uma coisa a menos para se preocupar enquanto se dirige. O único ponto de atenção é com a tendência de se “puxar” o carro para a esquerda, já que estamos acostumados a dirigir sentados no lado esquerdo do carro, e o senso de distância deste lado fica alterado. Mas nada grave.

viajar e dirigir carro Namíbia

Trânsito na Namíbia:

Horas e Horas sem encontrar uma alma perdida pelas estradas do país!! Sim! Estradas desertas, mas isso não significa que não terá um policial controlando a velocidade, especialmente nas principais vias da Namíbia. Passamos da velocidade permitida (what a shame) e fomos parados e multados (subornados sem opção). Portanto, não passe da velocidade permitida, max de 120 km/h, lembrando que na Namíbia não se aplica a regra de tolerância brasileira dos 10%, portanto se estiver a 121 km/h estará sujeito a “multa”.

Nas cidades, mesmo a capital não tendo mais de 300 mil habitantes, o transito é um pouco confuso e não apenas por ser mão inglesa. Nos cruzamentos, p. exemplo, é permitido virar a direita atravessando a pista do sentido contrário, sem que exista uma fase de semáforo específico para tal, e aí o jeito é esperar o fluxo de carros do outro lado dar uma brecha para se cruzar a pista, e se contentar com as buzinas atrás de vocês.

Mapas e Conectividade:

Contamos com o Google Maps para nos auxiliar com as distâncias e horários de percurso, mas o essencial foi ter os mapas rodoviários em papel, disponibilizados nas informações turísticas (também o encontramos no escritório da locadora de veículos). Esses mapas são claros e de fácil entendimento, e estão diferenciadas as estradas principais das vias de ligação, e demarcam quais estradas são apenas para 4×4. Além disso a conectividade com a internet não foi confiável em diversos trechos do país. Como bônus extra, o mapa indica as atrações a serem visitadas pela Namíbia, e quais localidade possuem posto de combustível.

viajar e dirigir carro Namíbia

Em resumo: indicamos a utilização do mapa disponibilizado pela Info turística da Namíbia como guia rodoviário para traçar suas rotas, de acordo com as estradas que melhor atendem sua necessidade, tendo os aplicativos de celular (google maps e/ou waze) apenas como auxiliares, mais para prover informações como distancias e horários, e as vezes para garantia de que se está no caminho correto.

Estradas:

A Namíbia possui estradas asfaltadas saindo da capital Windhoek apenas para dois dos grandes destinos turísticos do país que visitamos: até a entrada do parque Nacional Etosha, e outra para a cidade de Swakopmund e Walvis Bay; também é asfaltada a rodovia para o sul até a fronteira com a África do Sul. A ligação entre os demais destinos é feita por estradas não pavimentadas. O que não significa estradas ruins, pelo contrário: são melhores que muitas estradas asfaltadas brasileiras – não que isso seja um elogio propriamente dito, mas é que a maioria dessas estradas de chão são planas, largas, com poucos buracos e pedras, se assemelhando bastante à uma estrada asfaltada.

viajar e dirigir carro Namíbia

Dá-se o nome de vias principais, àquelas que interconectam a capital Windhoek aos principais destinos turísticos do país – Etosha, Swakopmund, Sossusvlei, etc., e também para as demais cidades importantes, além do caminho para África do Sul. Já as vias distritais são àquelas que dão acesso a vilarejos e outros pontos de interesse menos visitados. Todas as vias principais que circulamos estavam em excelente estado, e bem sinalizadas. As vias distritais já continham um pouco mais de pedregulhos – se assemelhando mais com o conceito de estrada de chão que estávamos acostumados, mas também estavam muito bem sinalizada. Vale considerar que nossa referência são as estradas do nosso querido Brasil, que na média tem muito o que melhorar.

Em nossa viagem acessamos e circulamos pelos dois principais destinos da Namíbia, o parque Etosha e Sesriem/Sossusvlei com um carro Sedan, sem maiores problemas.

Nossa época de viagem foi em novembro, antes das chuvas se iniciarem, então pode ser que as condições das estradas possam mudar após a estação de chuvas.

Posto de Combustível:

Outro grande trunfo de ter o mapa rodoviário disponibilizado pelas agências de turismo da Namíbia é que nele contem indicações dos postos de combustíveis. Você viaja longos trechos, 200, 300 km sem ter sinal de abastecimento. Por isso, encha o tanque toda oportunidade que tiver, e planeje seu roteiro de forma a passar por lugares em que possa abastecer.

Nós não tivemos problemas com falta de combustível, já que seguimos o conselho de abastecer sempre que tivéssemos a oportunidade, e a viagem fluiu muito bem.

viajar e dirigir carro Namíbia

Alimentos e Bebidas:

A mesma regra dos postos se aplica ao “combustível humano”. Passa-se algumas horas sem ter sinal de civilização, portanto sempre esteja abastecido de água e lanchinhos para sua viagem, e/ou sempre compre nas oportunidades que tiver algum mercado/conveniência.

viajar e dirigir carro Namíbia

Horário de cair na estrada:

Viajamos em novembro, e durante o dia fez muito calor (com exceção do litoral que sofre a influência da corrente de Benguela), e também por isso esse horário é o melhor  para se pegar a estrada , já que pode-se aproveitar o conforto do ar condicionado do carro – necessidade básica de sobrevivência para os horários entre 11:00 as 16:00, sendo que as temperaturas se aproximavam dos 40ºC, com sensação térmica ainda mais elevada.

Planejamento da sua viagem de carro pela Namíbia:

Já deu percebeu que dirigir pela Namíbia não é só cair na estrada. Você deve também tomar algum cuidado e precaução, que pode ser resumida abaixo:

  • Certifique-se que seu carro possui um pneu de estepe em bom estado – confira se está bem cheio no momento da locação – e os utensílios para a sua troca (macaco, triângulo, chave de roda, etc.)

  • Deixe sempre os números de telefone de emergência perto de você, já que numa situação indesejada com o carro (ou você), não é bom contar com a ajuda de outras pessoas, já que o país é literalmente deserto!

  • Tenha os mapas rodoviários disponibilizado pelo turismo da Namíbia em mãos.

  • Abasteça-se com água e alimentos sempre que possível! Se possível, tenha um cooler, ou bolsa térmica no carro.

  • Abasteça o carro em todos os postos de combustíveis que encontrar pelas estradas, enquanto viaja (essa regra não vale para dentro das cidades, ok?) rsrs

  • Melhor horário para fazer as atividades são no início e/ou final do dia, portanto aproveite o período de sol alto para estar na estrada se deslocando.

  • Procure não estar dirigindo a noite entre as cidades, porque se tiver um problema com o carro será mais difícil ainda conseguir ajuda. Além disso, os estabelecimentos (pousadas, restaurantes, postos de combustíveis etc) costumam fechar cedo mesmo no verão, sem contar a visão limitada que faz aumentar o risco de trombar com algum animal na estrada.

dirigir e viajar Namíbia

Custos:

Para quem reservar com antecedência, pode conseguir um preço de cerca de R$1.000,000 para 12 dias por um polo vivo, ou cerca de R$2.900 para o mesmo período num 4×4.

Como reservamos:

Usamos a ferramenta do rentalcar.com, que cobra a reserva total com 48 de antecedência do início do uso, e após cobrada você não poderá fazer qualquer alteração no seu contrato via operadora. Por exemplo, se tiver que devolver o carro antecipadamente perderá o restante dos dias pagos, e se quiser fazer um upgrade de carro terá que negociar com a locadora do veículo.

Existem outros aplicativos de reserva, na qual o pagamento do aluguel do carro é feito no local de retirada do veículo. Como por exemplo: economycarrentals

A oferta de carros na Namíbia é baixa, e é comum acontecer de a locadora oferecer modelo similar ou inferior ao que foi alugado.

Como foi a experiência de viajar com um carro Sedan pela Namíbia:

Prós de viajar com um carro simples:

  • Economia no orçamento.
  • Acessar a grande maioria dos pontos de interesse com o carro normal.

Contras de viajar com um carro simples:

  • No Safári se tem maior visibilidade em carro alto. Como estávamos com o carro baixo, optamos por realizar alguns tours de safári organizados pela administração do parque para compensar.
  • Existe um pequeno trecho de 4 km dentro do parque de Sesriem (Sossusvlei), que só é possível chegar com 4×4. Mas existem um transfer feito pela administração do parque, o que nos custou N$ 150 (+- 37 reais) por pessoa ida e volta.
  • Para dirigir pela Costa do Esqueleto (Skeleton Coast) tem que se ater a estrada demarcada, não adianta se aventurar pelas estradas em direção ao mar, que o atolamento vai acontecer (sim, ocorreu conosco). Por outro lado, pela Costa do Esqueleto a estrada demarcada é supertranquila de se percorrer com carro normal (até Terrace Bay, vindo de Henties Bay).
  • Para quem optar por acampar, um 4×4 oferece maior conforto e praticidade.

viajar carro namibia

Recomendamos alugar um carro simples?

Se você estiver em 2 pessoas o custo de um carro simples comparado ao do 4×4 é bem significativo, uma diferença de mais de 3 mil reais para uma viagem de 12 dias. Sendo assim, ficamos felizes com a opção do carro simples, pois apesar de ser um pouco menos confortável, conseguimos fazer o roteiro que tínhamos em mente.

Se for para um grupo de 4 pessoas, acreditamos que custo-beneficio de alugar um carro 4×4 com equipamentos de campings compensa em comparação a um carro simples, pelos seguintes motivos:

  • Tempo: O carro já é adaptado para o camping, e algumas opções de veículos as barracas se localizam no teto do carro, o que permite maior agilidade e facilidade para armar o acampamento. Nós gastávamos pelo menos 1 hora, todos os dias, armando e desarmando as barracas já que dormimos cada noite em algum lugares diferentes.
  • Conforto: O maior espaço do veículo e a adaptação para o camping dão mais conforto ao viajante. Nós viajamos apenas com as barracas, isolantes térmicos e sacos de dormir, pois era o que cabia no carro. As pessoas que viajam com os 4×4 adaptados, têm disponíveis mesas cadeiras, utensílios de cozinha, geladeira portátil (o que ajuda muito, considerando todo o tempo que se passa na estrada e no deserto), etc.
  • Acessibilidade: O 4×4 te permite ir à algumas estradas não transitadas por um carro normal. Os casos mais clássicos são o trecho final (últimos 4km) de estrada para acesso a Sossusvlei (que também pode ser feito com transfer pago) e alguns trechos na Costa do Esqueleto.  Nas estradas distritais, que também podem ser circuladas por carros simples, um veiculo 4×4 passa maior segurança ao motorista. Os mapas rodoviários contêm as sinalizações indicando as estradas exclusivas de 4×4.
  • Economia: com os equipamentos de cozinha (geladeira, fogareiro, panelas, etc.) é possível economizar cerca de 50% do valor da alimentação, caso deseje cozinhar todos os dias. Também optamos por alguns tours próprios do Safari para se ter um maior alcance de visão (cerca de N$ 550, +- R$110 por pessoa) e, apesar do tour poder circular pelo parque em horários que os carros dos visitantes não são permitidos, talvez teríamos evitado essa opção se estivéssemos com um carro mais alto passeando pelo parque durante o dia. Veja mais em Safari no Etosha (em breve).

 

dirigir e viajar Namíbia

O que achou da nossa experiência de viajar de carro pela Namíbia? Esperamos que esse artigo tenha lhe ajudado a estruturar seu planejamento de viagem para esse país Maravilhoso!

Veja mais: Namíbia – Tudo o que você precisa saber para planejar sua viagem!

 

Transporte – Namíbia

 

 

21 thoughts on “Viajar de carro pela Namíbia

  1. Olá! Muito bom seu blog, estou gostando muito dos relatos!

    Também vou fazer a viagem pela Namíbia de carro simples, você sabe me dizer se da para alugar os equipamentos de Camping em Windhoek??? Ou se no seu roteiro em todas as paradas tem acomodações para dormir?? Obrigada.

    1. Olá Diego, Muito Obrigada por seu feedback.

      Acho que compensa você ou levar do Brasil, ou comprar por lá em Windhoek. Nas paradas que fizemos buscamos por lugares de camping, que é bem comum por lá. Com exceção de Mariental, Swakopmund e Luderitz pois havia disponibilidade de lugares mais econômicos. Nosso orçamento não permitiu hospedagens durante a viagem, mas tem sim disponível ao longo do roteiro.

  2. Olá Fabiane!
    Muito bacana o seu post! Esclareceu bastante sobre alugar um carro na Namíbia.

    Você poderia, se possível, dizer qual o seu roteiro da viagem em 12 dias, POIS SOU MILITAR DA MARINHA VOU PASSAR UM ANO AQUI COM A FAMÍLIA.FAZER ESSA AVENTURA NAS MINHAS FÉRIAS

    Muito obrigado!!!

  3. Olá Fabiane!
    Muito bacana o seu post! Esclareceu bastante sobre alugar um carro na Namíbia. Com qual antecedência você alugou o carro?

    Estou planejando ir daqui a dois meses pra lá. Você poderia, se possível, dizer qual o seu roteiro da viagem em 12 dias, pois estou pensando em quanto tempo ficarei por lá (2 ou 3 semanas).

    Muito obrigado!!!

    1. Olá Vinicius, ficamos 12 dias tb! cadastre seu email no blog e nos siga nas mídias sociais, vou tentar postar nosso roteiro na Namíbia ainda essa semana.

      Sobre o carro alugamos em cima da hora, 3 dias antes da viagem, dois meses é um ótimo tempo para conseguir algo bom!

  4. Oláaaa! O seu post nos ajudou muito!
    Estamos salvando os links aqui para usarmos em nossa viagem – Estaremos na Namíbia em Agosto deste ano. Estamos lendo TUDINHO aqui no blog!
    Beijos e obrigada!

    1. Que ótimo Camila!! Vou seguir vocês na trip, a Namíbia é incrível!! Ainda tem mais alguns post para ir ao ar, sobre Luderitz e Fish river Canyon. Espero que saiam até agosto.

    2. Olá Casal Wanderlust!
      Eu e minha namorada estaremos na Namíbia em agosto também!
      Estamos meio “crus” ainda na programação!
      Se puderem nos ajudar com algumas dicas!
      Temos 2 semanas inicialmente para ficar no país.
      Obrigado!!!

  5. A princípio gostaria de falar que achei as informações apresentadas no blog muito esclarecedoras para aqueles que, como eu, visitarão a Namíbia. Vocês estão realmente de parabéns!

    Gostaria de saber se, alugado um sedan ao invés de um 4×4, é possível alugar também as barracas ou se vocês levaram esse equipamento daqui do Brasil.

    Pergunto, ainda, se vocês viram alguma opção de nos próprios campings pagar por alguma hospedagem em que a barraca ou instalação já esteja pronta.

    Obrigada! 🙂

    1. Muito Obrigada Carol, ficamos muito feliz com seu feedback!!

      Levamos a barraca do Brasil, pegamos emprestado de amigos, afinal muitos tem barracas inutilizadas, então economizamos um pouco não precisando comprar os equipamentos. Sugiro levar os equipamentos do Brasil, pois não precisa se preocupar em encontrar-los na viagem. Utilizamos uma mala grande e colocamos todos os equipamentos dentro. Afinal viajaríamos de carro, e a mala ficaria no parta malas.

      Também ficamos em algumas hospedagem na opção de tenda, o que é bem comum na Namíbia, sua cama estar dentro de uma grande tenda, algumas até com banheiro privativo, mas que tem a desvantagem do calor durante a luz do dia.

      Grande abraço

  6. Olá, Fabiane! Empolgada com o seu relato! Agora fiquei tentada a ir para a Namíbia! Você saberia dizer se é seguro viajar por aquelas bandas somente eu e meu marido, sem tour, somente self-drive? Obrigada!

    1. Oi Bernadette! A Namíbia é maravilhosa, é foi assim que viajamos por lá, no estilo selfdrive, te garanto que estará mais segura lá, do que a maioria dos lugares do mundo. Porém sempre é bom ter alguns cuidados com os pertences, trancar o carro, cuidar da sua câmera fotográfica, e seguir as orientações dos locais, e dos hotéis. Por ex. (recomendam não sair apé a noite em Windhoek). Se precisar de alguma informação extra ficaríamos felizes em ajuda-la.

  7. Olá! Ótimo relato. Gostaria de saber como fizeram para conseguir o safari no Parque Etosha. Fizeram reserva antecipada? Conseguiram em alguma cidade próxima? Qual é o site ou contato? Obrigado! Ricardo

    1. Olá André, alguns aceitam cartão, mas a maioria dinheiro, isso é bem relevante principalmente por em alguns trechos, existem um posto em cerca de 500 km. Então sempre esteja preparado com cash. Já em lugares maiores você pode rodar procurando a opção de um posto que aceite cartão. Obs. mesmo as grandes rede distinguidoras, apenas aceitam dinheiro.
      Alugamos pela Rentcar, na Thrifty. A partir dessa experiência vou procurar reservar em agencias que não cobrar a reserva com antecedência, mas o serviço de Thrifty foi ótimo no escritório na cidade de Windhoek,e deixou a desejar no aeroporto.
      Sobre o Carro inferior aconteceu com outros brasileiros, pois a empresa que eles reservaram não tinha disponível o modelo que eles escolheram pela internet, a escolha deles foi rejeitar o carro, e alugar por outra empresa em Windhoek.

Deixe uma resposta